terça-feira, 21 de junho de 2011

Seu apoio pode transforma a vida dos que sofrem por seguir Cristo Por Irismar

Seu apoio pode transforma a vida dos que sofrem por seguir Cristo
Rev. Missão Portas Abertas
 


 
DIP Domingo da igreja Perseguida 
O domingo da igreja Perseguida (DIP) é um dia inteiro dedicado á oração e á lembrança dos irmãos em Cristo que sofrem por causa da fé. A data varia a cada ano, porque é marcada para o domingo seguinte de pentecoste, tendo por base o relato bíblico de Atos 4, quando se iniciaram as perseguições aos cristãos. Simbolicamente, esse acontecimento marca a “fundação” da igreja perseguida. 
Fonte:  Revista Portas Abertas- Revista de apresentação.

Na sexta-feira dia 17/06, um missionário da missão portas abertas pregou na igreja e contou algumas historias de pessoas que ele teve a oportunidade de conhecer, vou escrever um pouco das historias que ouvi. 

Primeira Historia 
Uma criança de 12 anos da Colômbia viu seus pais serem mortos só porque eles se negaram a plantar maconha para os guerrilheiros. Quando aqueles homens procuraram os seus pais ameaçaram matá-los se eles não plantassem, o pai disse que não faria isso, pois eles eram servos de Deus e sabiam que aquilo era errado e dias depois eles voltaram a casa daquela família e executaram o pai e a mãe. Hoje aquela criança vivi num abrigo da missão portas abertas e uma coisa que ele disse para o missionário foi: que não sabia porque Deus tinha permitido aqueles homens matarem seus pais, mas ele sabia que Deus estava no controle da sua vida. 
Segunda historia 
Quatro servos de Deus que faziam um belo trabalho na Colômbia de evangelismo e um deles era um pastor que tinha sua igreja estruturada e um dia os guerrilheiros os procurou e lhe disse que eles tinha que servi a eles pois ele conhecia bem as trilhas o pastor ousadamente lhe disse – não posso servir a dois senhores, aqueles homens olharam para eles e lhes disse pois vamos matar e alguns dias dois daqueles quatro servos foram mortos e aqueles pastor teve que largar tudo e ir morar em outra localidade num favela sem nada, foi trabalhar de pedreiro e o que recebia só dava para pagar o aluguel do barraco hoje ele tem apoio da missão.
Terceira história 
Era homem que vivia plenamente para a sua religião até que um dia se converteu e passou vários anos sem dizer para ninguém da sua família, pois se eles soubesse ele seria entregue a policia, até que um dia ele foi pego lendo a Bíblia e um parente dele ligou para a policia e de repente ela entrou na casa e o levou preso e lá ele passou vários meses sofrendo até que um dia jogaram ele todo sujo e ferido num lugar. Deus orientou um pastor a ir nesse lugar e eles dirigido pelo Espírito de Deus foi e quando chegou lá o encontro, levou para a sua casa e tratou dele, ele sai do seu país e perdeu tudo que tinha sem direito de levar nada só a roupa do corpo. Milhares de cristãos vivem sua fé de forma secreta em muitos países. 

Milhares de cristãos vivem sua fé de forma secreta em muitos países.

A Coreia do Norte, por exemplo, não aceita que seus cidadãos se convertam a nenhuma religião e aqueles que são descobertos como cristãos correm risco de morte. Nos países muçulmanos, as consequências de se deixar o islã são também extremas, desde a perda de um emprego, o afastamento familiar, a tortura e também a morte. 

Você pode ajudar a missão portas abertas assinando a Revista portas Abertas são 12 exemplares contato: Portas Abertas e solicite a sua Revista.

Postado por Vivendo pela Palavra: http://irismaroliveira.blogspot.com/

Um comentário:

  1. E vai piorar a situação...a Bíblia será proibida no mundo.

    ResponderExcluir